07 março, 2007

Big Joe Williams


Big Joe Williams nasceu como Joseph Lee Williams no dia 16 de outubro de 1903 na cidade de Crawford, no Mississippi.
Seu estilo é inconfundível, pois além da voz forte ele tocava com um violão de 9 cordas, que ele mesmo inventou, usando captador elétrico e um slide, ou bottleneck. Essa junção produzia um timbre diferenciado e um som único.
Williams deixou o Mississippi ainda jovem para viajar através do sul, tocando em plantações e acampamentos de madeireiras. No começo de 1920 ele começou a trabalhar para a Birmingham Jug Band e gravou com o grupo em 1930 para o selo Okeh.
Big Joe foi um dos primeiros bluesmen andarilhos do Mississippi. Ele trabalhava a troco de carona ou comida, dormia em vagões de trem e viajava de cidade a cidade, sem destino.
Depois de passar por St. Louis, em 1934, ele fez algumas apresentações com seu primo J.D. Short, em alguns bares e festas. Foi através de Short que Williams conheceu Lester Melrose, produtor da Bluebird Records, que assinou com ele um contrato de gravação em 1935. E durante dez anos, Big Joe gravou pelo selo. Ainda em 1935 ele gravou o grande clássico "Baby Please Don't Go". Em 1941 ele gravou uma versão da música "Crawlin' King Snake" que também se tornou muito popular. Durante esses dez anos Williams gravou com grandes artistas de blues da época, como o gaitista Sonny Boy Williamson (John Lee, o primeiro Sonny Boy), os guitarristas Charley Jordan e Robert Nighthawk e o pianista Peetie Wheatstraw.
Seu repertório, que incluía levadas de blues e folks aprendidas por ele durante todas as suas viagens, o capacitou a continuar gravando mesmo depois que as bandas de blues elétrico de Chicago dominaram o cenário musical.
Na década de 60, ele continuava tocando em várias cidades através dos EUA. Depois embarcou para uma turnê através da Europa com o American Folk Blues Festival, de 1968 a 1972. Tocou ainda em outros grandes festivais como o Ann Arbor Blues Festval em 1969 e no New Orleans Jazz & Heritage Festival em 1972. No ano de 1974 ele chegou a fazer uma turnê pelo Japão. Para completar ele ainda apareceu em alguns documentários como o "The Devil's Music - A History of the Blues" (1976) e no "Good Mornin' Blues" (1978).
Ele morreu em Macon, no Mississippi, no dia 17 de dezembro de 1982.
Qualquer um que queira conhecer o verdadeiro Delta blues deve entender o violão como um instrumento de melodias e mais do que isso, um instrumento de percussão. A música do Delta, com profundas influências africanas, deixa claro isso, desde o bluegrass, que era tocado com banjos. Esse estilo fica bem claro quando ouvimos os artistas clássicos do Delta, como Charley Patton, Fred McDowell e Bukka White. Cada um desenvolveu sua própria técnica, seja batendo com a mão no corpo do instrumento, batendo o bottleneck nas cordas, puxando as cordas mais graves como um "slap" de baixo ou deslizando o slide pelas cordas, tudo isso visando aumentar o potencial percussivo do violão. No entanto, Big Joe Williams, mais que qualquer outro artista, incorporou o conceito de violão/percussão tirando um som inconfundível de seu violão de 9 cordas.

Fontes: Blues Homepage, Wikipedia, e Blues Masters.



Para Download :

Big Joe Williams - At Folk City (1964)

Password: bluestown.blogspot.com













Big Joe Williams - Blues From The South Side

Password: bluesmasters













Big Joe Williams - Meet Me Around The Corner (esse não é o encarte original)

Password:
bluesmasters












Big Joe Williams - Complete Recorded Works - Volume 1

Password:
bluesandrhythm.blogspot.com














Big Joe Williams - Complete Recorded Works - Volume 2

Password: bluesandrhythm.blogspot.com











Eternamente grato ao Blues Town, Blues Masters e ao Blues & Rhythm pelas pérolas.




Big Joe Williams - Baby, Please Don't Go
Essa música ficou muito famosa na voz de Muddy Waters, mas Big Joe foi o primeiro a gravá-la. Ela foi gravada também por Lightnin' Hopkins e até pelo Aerosmith. Nesse clipe dá pra ver bem as 9 cordas do violão. Muito diferente mesmo.






Big Joe Williams - Highway 49
Ótimo vídeo. O verdadeiro Delta Blues! O som metalizado que só o violão de Big Joe tirava.




Big Joe Williams - Low Down Dirty Shame
Música muito boa onde ele usa bastante seu slide. O vídeo foi feito num bar em sua cidade natal Crawford, no Mississippi.




Big Joe Williams - Another Man Done Gone

Vídeo feito no mesmo bar, em Crawford. Aqui dá pra ver que o bar estava cheio de gente. Até mesa de sinuca tinha. Realmente era um bom bar!

5 comentários:

Fernando Rodrigues disse...

O Thin se ta bom??
cara na minha pag. nao esão aparecendo as telas dos videos do Big Joe Willians.....da um jeito ae!!
falo!
abraço... muito bom esse post!!

Little Thin Jones disse...

Desculpe Big Zoo, mas deve ser um problema no seu navegador. Fiz testes aqui no Internet Explorer 6.0 e no Mozilla Firefox 2.0 e em ambos os vídeos funcionaram perfeitamente.
Tente abrir quelquer vídeo direto do Youtube. Caso o problema continue me avise.

Obrigado.

Nagiants40 disse...

Fala pequeno thin jones, tudo bom??

Sou brasileiro (Blues Town), ja adicionei o seu link, voce pode colocar alguns dos albums do meu blog aqui, é so dar o crédito...:-))

Abraçao e continue com esse ótimo blog...

Anônimo disse...

Little Thin, parabéns pelo excelente blog. Muito bom gosto. Por favor, os albums do Big Joe Williamns não tem link prá baixar ?????
Ou eu é que não tô vendo ??
Um abraço
Loyola

Little Thin Jones disse...

Peço desculpas, Loyola. Os links realmente haviam se perdido. Mas já foram corrigidos. Aproveitando já adicionei mais 2 álbuns dele: Complete Recorded Works, volume 1 e 2. Aproveite!

Blues everyday!