16 janeiro, 2008

Koko Taylor

Cora Walton nasceu no dia 28 de setembro de 1928 em Bartlett, Tennessee. Ela ganhou seu apelido de Koko por causa do amor por chocolate que ela tinha desde pequena (Koko = choco). Desde cedo já se interessou por música, tanto pela gospel, que ela ouvia nas igrejas que freqüentava, quanto pelo blues que ela ouvia nas rádios de Memphis. Mas, mesmo com o incentivo de seu pai para cantar somente músicas gospel, ela e seus irmãos gostavam mesmo de cantar e tocar blues com instrumentos caseiros.

Quando jovem ela ouvia o quanto podia de blues. Bessie Smith e Memphis Minnie foram influências particulares, assim como Muddy Waters, Howlin' Wolf e Sonny Boy Williamson. E embora amasse cantar, ela nunca sequer sonhou em subir num palco um dia.
Com 20 e poucos anos, ela se mudou para Chicago com seu futuro marido, o falecido Robert “Pops” Taylor, a procura de emprego. Com nada além de 35 centavos e um pacote de biscoitos Ritz, como conta a própria Koko, eles se instalaram no lado sul da cidade, uma das regiões que se tornou o berço do Chicago Blues.

Pouco tempo depois Koko arrumou um emprego como faxineira em casas no subúrbio ao norte. À noite e nos fins de semana, ela e Pops freqüentavam os bares de blues onde tocavam alguns nomes como Muddy Waters, Howlin' Wolf, Magic Sam, Little Walter e Junior Wells. E graças a Pops, logo eles se tornaram amigos de muitas das lendas do blues.
Com seu enorme talento, foi fácil começar a cantar nos palcos de Chicago. E sua maior oportunidade foi quando Willie Dixon a viu cantar pela primeira vez. Para o espanto de Taylor, ele disse:

-Meu Deus! Eu nunca vi uma mulher cantar blues como você canta. Existem muitos homens cantando blues, mas não há mulheres suficientes. É isso que o mundo precisa hoje em dia, uma mulher com a sua voz para cantar blues.

Dixon gravou conseguiu grava o primeiro disco dela para a USA Records e logo em seguida garantiu um contrato para a Chess Records, a maior gravadora de blues da época. Ele produziu diversas músicas e dois álbuns para ela, incluindo seu grande hit de 1966 Wang Dang Doodle. Essa música finalmente coloca Koko Taylor como a maior cantora de blues do mundo.

No ano de 1972 Koko tocou no Ann Arbor Blues and Jazz Festival. Esse festival foi gravado pela Atlantic Records, que lançou um disco ao vivo, que ajudou a divulgar ainda mais o seu trabalho.
Em 1975 ela conheceu Bruce Iglauer, da Alligator Records. No mesmo ano lançou o disco I Got What It Takes que recebeu uma indicação ao Grammy.
De lá pra cá foram mais dez álbuns, todos eles pela Alligator Records, incluindo o mais recente Old School, de abril de 2007. E ela passou a ser conhecida como a "Queen of the Blues".

Deep soul, raw vocal power, blustery swagger...the great
female blues singer of her generation
Revista Rolling Stone


Fonte: Site Oficial de Koko Taylor


Para ouvir:

Koko Taylor - The Earthshaker (1978)














Koko Taylor - Queen of the Blues (1985)






Password: 360grauss.blogspot.com








Koko Taylor - Old School (2007)






Password: gustavoeo.blogspot.com







*Discos retirados dos blogs Telhados do Mundo, 360 Grauss e Copiando o Link, respectivamente.


Para ver:

Koko Taylor - Wang Dang Doodle

Nesse vídeo de 1967 ela canta seu maior sucesso acompanhada da lenda da harmônica, Little Walter e do guitarrista cachorro louco Hound Dog Taylor. Willie Dixon tinha toda razão. Ela canta blues como ninguém.

Koko Taylor - Don't Put Your Hand On Me

Vídeo de 1995, que mostra que ela não perdeu a forma apesar da idade. Aqui ela se apresenta no festival Cerdanyola Blues.
.

2 comentários:

BluesPortugal disse...

Boas,

Desde já os votos de um excelente 2008.

Gostaria de informá-lo de um novo domínio exclusivamente dedicado ao Blues em Portugal – BLUESPORTUGAL.COM (http://www.bluesportugal.com/). Espero que o mesmo mereça algum interesse da sua parte, ficando desde já um enorme agradecimento por abraçar (espero que sim) este Nosso projecto.

Agradecíamos também, no caso de ter conhecimento de pessoas, músicos, bandas, programas de rádio, instituições, editoras, bares, etc. interessados por Blues, em Portugal, pudesse divulgar o nosso projecto ou que nos forneça os seus contacto.

Qual a possibilidade das biografias expostas no seu blog poderem ser utilizadas no BluesPortugal?

Caso tenha alguma dúvida ou sugestão não hesite em contactar-me.

Com a sua/nossa ajuda vamos fazer crescer o Blues em Portugal!

Um abraço,

Hernâni Nascimento

hernani@bluesportugal.com
Tel: 968 032 610

Lucas "Spider" disse...

Minha Blueswoman preferida, vlw ai Little Thin pelo belo post.

Abração!