22 julho, 2008

Johnny Winter

John Dawson Winter III nasceu em Beaumont, no Texas, dia 23 de fevereiro de 1944, albino e vesgo e sua carreira musical começou cedo. Aos 15 anos formou com seu irmão, de 12 anos e também albino, a banda Johnny and the Jammers.

Na época de seu nascimento, a cidade de Beaumont foi palco de um dos piores motins raciais do Texas. Rebeldes foram às ruas e incendiaram lojas e fábricas. A guarda nacional entrou em ação com mais de 2000 homens e isolou a cidade até que as coisas se normalizassem. Apesar dos acontecimentos, Johnny nunca teve medo e sempre transitou pelos bairros negros para ouvir e tocar música.
Ele mesmo disse certa vez: "Nada jamais aconteceu comigo. Freqüentava bares negros e ninguém nunca me incomodou. Eu me sentia bem-vindo". Nessa época ele ficou amigo de Clarence Garlow, o dj da rádio KJET de Beautmont, que abriu seus ouvidos para o blues rural.

Uma história interessante aconteceu em 1962, quando Johnny e seu irmão foram assistir a uma apresentação de B. B. King, em um bar chamado Raven. Os únicos brancos no bar eram eles. Mas Johnny já tinha trânsito livre e queria tocar com o rei. Na primeira vez que pediu, King não deixou que ele subisse ao palco. Então ele passou a pedir que alguns conhecidos fossem lá, pedir para que deixasse o branco tocar. Finalmente King cedeu e ofereceu sua guitarra. Johnny tocou e foi ovacionado de pé. Logo em seguida, devolveu a guitarra a King.

Sua grande guinada como músico aconteceu em 1968, quando ele começou a tocar com o baixista Tommy Shannon e o baterista Uncle John Turner. Nesse mesmo ano um artigo na revista Roling Stone dizia que o som deles era o mais quente do Texas, depois de Janis Joplin. No ano seguinte ele lançou o álbum intitulado "Johnny Winter," que incluía grandes covers, como "Be Careful with a Fool" de B. B. King," "Good Morning Little School Girl", de Sonny Boy Williamson II, "When You Got a Good Friend" de Robert Johnson e "Back Door Friend" do também texano Lightin' Hopkins. Esse álbum alcançou o 24º lugar na Billboard. Ainda em 1969 ele tocou no Woodstock e gravou outro álbum, chamado "Second Winter."

Logo em seguida vieram os problemas com as drogas. Ele retornou ao cenário musical, com sua velha forma somente em 1973, com o álbum "Still Alive and Well", que é o nome da canção que seu amigo Rick Derringer escreveu saudando sua plena recuperação.

Em seus shows, Winter costuma contar uma história sobre como, ainda criança, sonhou que tocava com Muddy Waters. Sonho que se realizou em 1977, quando ele produziu e tocou no álbum de Muddy, "Hard Again", vencedor de um Grammy. O sucesso como produtor continuou e ele ainda produziu os discos "I'm Ready" (1978), "Muddy 'Mississippi' Waters Live" (1979) e "King Bee" (1981). O sucesso foi tão grande que Muddy se referia a Johnny como seu "filho adotado".

Nos anos seguintes Johnny Winter continuou sua carreira de sucesso, gravando discos, como o excelente "Let Me In",de 1991, que tem as participações de Dr. John e Albert Collins. Hoje em dia, com a saúde já debilitada, o que o força a se apresentar sentado, ele continua em turnê pela Europa e EUA, tocando seu excelente blues-rock.

Fonte: The Official Johnny Winter Web Site.


Para Download:

Johnny Winter - Johnny Winter

01. I'm yours and I'm Hers
02. Be Careful With A Fool
03. Dallas
04. Mean Mistreater
05. Leland Mississippi Blues
06. Good Morning Little Schoolg
07. When You Got A Good Friend
08. I'll Drown In My Tears
09. Back Door Friend


Johnny Winter - Second Winter

1. Memory Pain
2. I'm Not Sure
3. The Good Love
4. Slippin' and Slidin'
5. Miss Ann
6. Johnny B. Goode
7. Highway 61 Revisited
8. I Love Everybody
9. Hustled Down in Texas
10. I Hate Everybody
11. Fast Life Rider



Johnny Winter - Still Alive And Well

1. Rock Me Baby
2. Can't You Feel It
3. Cheap Tequila
4. All Tore Down
5. Rock & Roll
6. Silver Train
7. Ain't Nothing To Me
8. Still Alive And Well
9. Too Much Seconal
10. Let It Bleed
11. Lucillie
12. From A Buick Six


*Johnny Winter e Second Winter, cortesia do Ser da Noite. Still Alive And Well, do Fukt.

5 comentários:

Bruno disse...

Hey Jones!!
ótimo post meu velho!!
esse cara é um dos meus bluesman favoritos!!
estilo matador!!

Abraço!!

Little Thin Jones disse...

Pois é Bruno, conhecia pouca coisa sobre ele. Mas deu pra ver que é um Deus da guitarra. Curti pra caralho.

Abraço!

Fernando Novaes disse...

Fala Thin! ótimo post! Winter é muito bom mesmo e eu conhecia pouco sobre ele, e até achava que era um branco metido a besta que faz um blues legal! mas logo a gente vê que é muito além disso!

é isso! valeu!

Anônimo disse...

legal caras e isso ai agent ten qi lembrar sempre dos velhos mestres
como issac ja´ dizia so´se pode enxergar mais longe se nos apoiarmos
nos onbros dos gigantes...

o albino e um dos meus favoritos
aconselho escutaren o albun I'M A BLUESMAN.


marcusblues@hot...

Anônimo disse...

Thanks great blog with great music.
I you are interested in more Johnny Winter take a look at this site .
http://collective-collection.blogspot.com/2007/02/johnny-winter-blues-rock.html

Regards , Martin